Cinderela no país das Maravilhas

A fine WordPress.com site

Corpo Só

Falta-me um corpo. Que aconchegue, chegue para me fazer sentir real. Existente, Corpórea. Para que os meus sentidos acordem. Conheçam a verdadeira razão de serem. Para que saibam o seu propósito.

Passem a sentir pele, músculo, dobra, cabelos.Para que saiam do isolamento e explorem outros cheiros e todos os restantes sentidos.

Abraçar, sentir, acariciar, beijar, tocar.

Epiderme. A emoção de uma simples sensação. Saudade dessa ternura.

Advertisements
Leave a comment »

Casa da Idanha – Clinica

Psique, psicose, imaginação, fantasia, delírios, ilusões, emoções. O António Damásio fica pelo cérebro.

Corpo, corporalidade, humanidade, beldade, generosidade, fealdade, discurso livre.

Bon Jovi. O meu travão no zapping excessivo.

Bon Jovi – Catarina. Idanha. Como estará ela. Michael Jackson. Perdida.

Não quis ser salvadora…Deixar-se-ia ser salva? nunca o saberei?

 

O meu corpo põe-se numa ânsia ao ser frontal. Apavorada de ser abandonada. Mais uma vez.

Respiração mais tranquila. Mais pausada. Menos adrenalina.

O que Aquece, Inspira, Vitaliza – Procurar, deixar entrar.

Sair da “cabeça”. Atenção a mim, menos ao exterior. O verdadeiro significado da palavra CUIDAR.

Leave a comment »

Dezembro 2010

“Mas eu não estou em nenhum sítio! Estou de passagem!”

The Killers – the lyrics – genial.

I need to study portuguese this week. Have to try and adapt the world to my needs and not the way around.

Rádio no intervalo das emoções. Dói-me o cabelo. Sinto os tendões. Musica apaziguadora. Gatos e gatos e cão. Marcam território. Com pais , casa e rotinas é igual.

Pensamentos fogem. Deixo estar.

Distraio (me), contraio(me). O tendão da mão.

Envergonho-me por gostar da banda 30 Seconds to Mars. Já não sou adolescente?

38. Numero que me causou pesadelos meses seguidos. Antes de chegarem. Agora integrei. Aceitei.

Leave a comment »